segunda-feira, novembro 10, 2008

SÉRIE OTAKU - PARTE 4


-->
O CADERNO DA MORTE
Será que o Death Note foi realmente destruído por “L”? Será que eram apenas dois cadernos? O que você sabe sobre ele? A história é como se fosse um quebra-cabeça que, aos poucos vai ganhando sua forma. É uma verdadeira obra de arte!

Entretanto, tem muita gente pensando que sabe de “có e salteado” sobre o Death Note só porque leu o mangá, assistiu ao anime e também aos três filmes... Quem pensa assim, está redondamente enganado. Ainda falta uma peça para completar! E, só pode ser encontrada apenas em um único lugar do Brasil:

No Teatro Sesi da Vila Leopoldina em São Paulo. Sob a apresentação da Cia. Zero Zero. A Peça O Caderno da Morte está sendo realizada desde 9 de Outubro, e vai até 23 de Novembro deste ano. Quinta a sábado, às 20h; domingo, às 18h. A entrada é franca..

Como eu estava em São Paulo, aproveitei a viagem para conferir a adaptação da mística história de um caderno capaz de matar pessoas.
Originalmente, há um pequeno barulho de marketing político na trama - a discussão sobre a pena de morte. Será que bandidos deveriam morrer? No Brasil, há controversas...
Bom, deixemos isso para um plebiscito!

A peça tem uma mistura de mangá, anime, filme e, um jeitinho brasileiro – a caricatura e o bom humor - que, complementa a obra que já foi líder de bilheteria no Japão. A atuação dos atores vai além das expectativas. Essa obra brasileira é um pedaço do Death Note que merece viajar o Brasil.

Nenhum comentário: