sábado, outubro 28, 2006

BANDO DE DADOS




Com que freqüência você vai ao médico ver seu banco de dados? Sim, o diagnóstico de um médico são dados para sua vida. É através de exames que você conhece o funcionamento do seu corpo e dos seus aparelhos.
Para uma empresa, não é diferente, o banco de dados é uma ferramenta de marketing capaz de gerar resultados fidedignos. Estamos rumo ao relacionamento, um dia agente chega lá, se continuarmos fazendo as lições de casa, chegaremos ao retorno sobre investimento.
Não quero dá uma de acionista puritana, não! Mas enfatizar que um investimento vai descer morro abaixo, se o relacionamento com clientes, funcionários, fornecedores e parceiros não for consistente.
Não é fácil implementar um banco de dados relacional. Muitas empresas que dizem estar ingressando nessa era, às vezes, estão num passo anterior. Nós denominamos esse estágio primitivo de “bando de dados”, no qual as informações são difusas. de difícil recuperação e incompletas. MADRUGA(2004, p.77).
A tecnologia é volátil, muitas empresas se perdem no meio do caminho. Ainda continuam com seus “bandos de dados”, praticando o marketing transacional, vivendo a idade da pedra lascada.
Vamos embora!