segunda-feira, julho 24, 2006

MUDANDO DE CANAL


Ela está chegando... Com uma negociação aqui, outra ali, em breve a TV Digital vai operar em pleno vapor, ops! não é essa a expressão, estamos na era digital, seria então...leitor, fique a vontade, sugira uma expressão que substitua essa
Há quem diz que uma emissora poderosa está insegura, com a chegada deste novo fenômeno tecnológico, logo ela detém a melhor transmissão e imagem como seu diferencial competitivo.

Mas se o controle remoto era um vilão das agências de propaganda e publicidade, por facilitar o telespectador viajar em vários canais sem que fique vendo comerciais, então a TV Digital vai ser um monstro quase idestrutível. Pois o telespectador pode optar em não ver comerciais. Nada está perdido, é pra isso que existe o marketing! Sérá o merchandising a bola da vez? É uma a ferramenta bastante usada pelas emissoras de televisão para vender produtos e serviços.

É, não se surpreenda quando você estiver assistindo ao notíciário e o apresentador dizer: Em nome das Velas Carmelitas, acompanhe a reportagem de... Ou quando a matéria for sobre futebol, o repórter dizer: as chuteiras que não criam bolhas vai proporcionar você, telespectador, os gols da rodada. Imagine na apresentação do clima em todo país, você pode ver na lateral: Beba Kaise! com moderação é claro.

Absorveremos tranquilamente sem reclamar, já que poderemos escolher entre o merchandising e os comerciais, escolheremos o que agrega valor. Afinal A TV digital permitirá alta definição de imagem e som, interatividade, acesso à Internet, entre outros serviços não disponíveis hoje na TV analógica. A transição do sistema analógico para o digital deve durar 15 anos, segundo previsões já apresentadas pelo ministro das Comunicações.

Bem-vindo a era digital
Com informações da Agência Brasil

3 comentários:

newmediamarketing disse...

A TV Digital ainda está em processo de regulamentação no Brasil, não se sabe se será utilizado o sistema japonês, europeu, americano ou uma mistura dos três.
Certamente promoverá um controle da programação pelo telespectador e uma maior definição de imagem. Para os profissionais de marketing e publicidade cabe começar a planejar estratégias para esta nova mídia. Uma tendência será os comercias passarem de 30 para 60 segundos, pois estes serão veiculados apenas no início e término de um jogo ou filme. Certamente o merchandising ganhará ainda mais força e novas maneiras criativas de inserir a marca no contexto do entreterimento serão criadas.
André Telles,
Escritor e publicitário.
Para saber mais sobre novas mídias conheça o blog:
http://novasmidiasmarketing.blogspot.com/

newmediamarketing disse...

A Globo, aliás o Lula, acabou de decidir pelo sistema japonês de transmissão.

Bambuzada Team disse...

Já agora parabenizamos tanto o autor do blog quanto André Telles or seu livro.

Nós do Bambuzada Team vemos que a crescente inserção de merchandising na programação vai acabar banalizando o conteúdo daquele canal, e prejudicando seus patrocinadores.
Há outras maneiras mais inteligentes de utilizar a TV DIgital.

Temos uma seção de postagens sobre TV Digital em nosso blog http://marketingdeguerrilha.wordpress.com
Passem por lá também.

Abraço a todos

Bambuzada Team
www.bambuzada.com